Estudantes do INF participam de palestras sobre empreendedorismo em parceria com o CEI

Iniciativa teve objetivo de motivar estudantes a empreender

Texto: Ednamar Dias

Por iniciativa do Instituto de Informática (INF/UFG), as empreendedoras Rizia da Silva Andrade, da Biogyn, e Silmara Epifânia Carvalho, da Connect Math, conversaram com alunos da disciplina Computação e Sociedade dos cursos de Sistemas de Informação, Engenharia de Software e Ciência da Computação sobre as atividades do Centro de Empreendedorismo e Incubação (CEI UFG), e sobre como elas podem auxiliar o empreendedor.

 Rizia de Oliveira Andrade

Silmara Carvalho foi uma das palestrantes

As palestras foram realizadas no Centro de Aulas B do Campus Samambaia, nos dias 07 e 11 de dezembro, tendo como objetivos estimular a cultura empreendedora no meio acadêmico e divulgar os programas de pré-incubação, incubação, formação empreendedora e os empreendimentos apoiados pelo CEI.

Empresas

Rizia Andrade, CEO da BioGyn, explicou aos alunos dos cursos de Sistemas de Informação e Engenharia de Software o funcionamento da tecnologia desenvolvida pela startup, que permite o controle de pragas na lavoura por meio de insetos.”Foi uma grande oportunidade para apresentar a nossa empresa e reafirmar os benefícios que o CEI oferece aos empreendedores”, observou Rízia.

A BioGyn é incubada no CEI, desde 2015, e está instalada no Parque Tecnológico da UFG, no Campus Samambaia.As outras sócias da empresa são Gláubia da Silva Andrade e Janaína Moura Oliveira.

Silmara Carvalho apresentou aos alunos de Ciência da Computação a Connect Math. A startup surgiu a partir de pesquisas realizadas no LEMAT- Laboratório de Educação Matémática do IME, Instituto de Matemática e Estatística, visando amenizar a aversão pela matemática.

Depois de um período de incubação de 3 anos, a startup  foi graduada pelo CEI em dezembro de 2017, e desenvolve atividades de forma lúdica e divertida para apresentar os conteúdos de matemática em escolas, congressos e outros ambientes.

"O apoio do CEI foi determinante para o desenvolvimento do nosso projeto. Aprendemos muito, trocamos experiências,recebemos mentorias e estímulo para empreender. É gratificante poder compartilhar  tudo isso com os alunos”, afirmou Silmara Carvalho.

Motivação

A iniciativa foi coordenada pelos professores Hugo Alexandre Dantas do Nascimento e Wanderley de Souza Alencar, e contou também com o apoio da  empresa Júnior Level 5 da UFG. Sobre a atividade nas disciplinas, o professor Hugo Nascimento observou que “como são alunos considerados calouros, a intenção  é despertá-los, desde já, para empreender, apresentando pessoas que já fazem isso e alguns caminhos que vão ajudar nesse processo”.

Fonte: CEI/UFG