2017

Sobre a ERI-GO

A Escola Regional de Informática – ERI é uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Computação(SBC) em todas as regiões do Brasil, visando principalmente disseminar tecnologias da informação. A Escola Regional de Informática de Goiás (ERI-GO) é a edição regional do congresso da SBC, derivado da antiga ERI-CO – Escola Regional de Informática do Centro-Oeste.
 
É um evento de cunho científico e acadêmico e que contém diversos assuntos de vanguarda na área de informática cujo principal propósito é aproximar a pesquisa científica das necessidades do comércio e da indústria do estado de Goiás. É um fórum para pesquisadores, professores, alunos e profissionais de Computação e áreas afins fomentar a troca de ideias e experiências por meio de palestras, sessões técnicas, minicursos e oficinas.
 
A primeira edição da Escola Regional do Centro-Oeste (ERI-CO) ocorreu em Campo Grande e em Cuiabá no ano de 1997. A segunda edição foi realizada simultaneamente em Belo Horizonte, Viçosa e Goiânia, de 11 a 15 de Maio de 1998, com promoção da Secretaria Regional Minas Gerais/Centro-Oeste da SBC. Já a terceira edição ocorreu em Brasília e em Goiânia, de 23 a 27 de Outubro de 2000.
 
No final do ano de 2006, a SBC subdividiu a Regional Centro-Oeste em duas: Centro-Oeste 1 (Distrito Federal, Goiás e Tocantins) e Centro-Oeste 2 (Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rondônia).
 
A primeira edição promovida pela nova regional Centro-Oeste 1 (portanto, a quarta edição da Escola Regional Centro-Oeste) aconteceu somente oito anos após a terceira ERI-CO.
 
Assim, a quarta escola, agora denominada Escola Regional de Informática da Regional Centro-Oeste 1 (ERI-CO1), foi realizada em 2008, de 04 a 06 de Junho, em Brasília e Goiânia. Ela foi a primeira a considerar apenas os estados de Goiás, Tocantins e o Distrito Federal, como integrantes da regional.
 
Em 2009, 2010 e 2011 ocorreram, respectivamente, a quinta, sexta e sétima edição do evento na regional Centro-Oeste 1 e foram realizadas nos campus das instituições participantes em Brasília e em Tocantins.
 
Em 2012, com a reestruturação das secretarias regionais, a Regional Centro-Oeste 1 foi novamente dividida, então nas secretarias regionais de Brasília, Tocantis e Goiás. A partir daquele ano, cada secretaria passou a ser responsável por realizar sua própria edição da Escola Regional de Informática – ERI. Assim surgiu a Escola Regional de Informática de Goiás (ERI-GO)
 
A partir do ano de 2013, todos os eventos aconteceram em Goiânia, e a incorporação do FGSL como evento satélite atingiu-se a marca de 1.200 participantes repetindo a marca em 2014 e 2015. A junção da ERI com o FGSL, eventos historicamente consolidados, é uma oportunidade para aproximar a academia, o mercado de trabalho e a comunidade de usuários de software livre, promovendo assim o desenvolvimento da área de Informática e afins no Estado de Goiás. O processo de submissão e avaliação de artigos científicos e técnicos no ERI começou em 2014 (25 artigos submetidos) e aumentou significativamente em 2015 (40 artigos submetidos). O número de artigos aceitos para apresentação oral em 2015 foi 16 artigos em 2014 e também 16 artigos em 2015, causando uma melhora na qualidade das sessões técnicas. 
 
A ERI-GO 2016, traz como novidade a chamada de trabalhos acadêmicos, com a temática de Sistemas de Informação, Engenharia de Software, Ciências da Computação, Engenharia da Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecatrônica e Software Livre. Na presente edição, autores são convidados a submeter artigos (em português ou inglês) contendo resultados de trabalhos com uma ênfase mais tecnológica em software livre e/ou trabalhos em informática que sejam produtos de pesquisa científicas ou trabalhos de final de curso de graduação ou bolsa de iniciação científica, descrevendo trabalhos finalizados ou em andamento.

Fórum Goiano de Software Livre

Socialmente JUSTO, economicamente VIÁVEL, tecnologicamente SUSTENTÁVEL
Criado em 2003 pela Comunidade de Software Livre do Estado de Goiás, o FGSL – Fórum Goiano de Software Livre aborda desde sua primeira edição o tema “Socialmente justo, economicamente viável, tecnologicamente sustentável“, discutindo as questões que permeiam o uso, a produção e a difusão do Software Livre em todo o Estado de Goiás. O evento, palco escolhido para o intercâmbio do conhecimento tecnológico e colaborativo entre os membros das diversas comunidades de Goiás, ocorre anualmente sempre com chamadas de patrocínio e de local públicas. Essa ação é uma maneira de tornar o evento e suas filosofias itinerante e acessível a qualquer fomento.

Organização

Coordenação

Professor do Instituto de Informática (INF) da Universidade Federal de Goiás (UFG)
 
- Ph.D. in Computer Science pelas Universidades do Minho, Aveiro e Porto pelo programa MAP-i (Doctoral Programme in Computer Science), Portugal.
- Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação (PPGCC) do INF/UFG.
- Representante da área de Ciências Exatas e da Terra do Conselho Deliberativo da Fundação de Apoio à Pesquisa (FUNAPE).
- Coordenador e colaborador de projetos de PD&I financiados pela RNP, CNPq e FAPEG na grande área das linhas de pesquisa em Redes de Computadores.
- Coordenador Adjunto do GT-SOFTWAY4IoT (SOFTware-defined gateWAY and fog computing for IoT (Internet of Things)) financiado pela RNP.
 
 

Vice-coordenação

Professor do Instituto de Informática (INF) da Universidade Federal de Goiás (UFG)
 
- Secretário Regional da SBC em Goiás
- Fundador do Projeto Software Livre Goiás - PSL-GO
- Secretário da Coordenação Geral do Fórum Goiano de Software Livre
 
 

Coordenação do Comitê Técnico-Científico

Professor do Instituto de Informática (INF) da Universidade Federal de Goiás (UFG)
 
-Graduado em Ciência da Computação pela Universidade de Rio Verde, mestre em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina e doutor pela Universidade de Coimbra - Portugal. Atualmente, é Professor Auxiliar da Universidade Federal de Goiás. Tem experiência de pesquisa, ensino, extensão, desenvolvimento tecnológico e inovação com maior ênfase em Redes de Computadores e Sistemas Distribuídos. Seus atuais interesses de pesquisa são: Redes Sem Fio, IoT/M2M (Machine-to-Machine) e Aplicações Multimídia
 
 

Vice-coordenação do Comitê Científico

Professora do Instituto de Informática (INF) da Universidade Federal de Goiás (UFG)
 
- Doutora em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Uberlândia.
- Vice-Coordenadora do Curso de Sistema de Informação do INF/UFG
 
 

Apoio

- Marcos Vinicius Souza Oliveira (marcosv.soliver (at) gmail.com) - PIBIC/INF
- Sidnei Alves Ferreira Júnior (sidneijunior (at) live.com) - Mestrando/PPGCC/INF
- Vinícius Nunes Medeiros
- Dalton Fortran 
- Marcelo Silva 
 

Código de Conduta

Código do Conduta da Escola Regional de Informática

 
A Escola Regional de Informática de Goiás está comprometida com uma política anti-assédio que visa proporcionar uma experiência livre de assédio para todos e todas as participantes, independentemente de gênero, necessidades especiais, orientação sexual, aparência física, raça, etnicidade, religião e condição sócio-econômica.
 
Nós – membros da organização da ERI-GO – não toleramos nenhuma forma de assédio ou desrespeito aos participantes do evento. Imagens e linguagem de caráter sexual discriminatório não são apropriadas para o evento. Participantes que violarem este código de conduta serão convidados/convidadas a se retirarem do evento, sem direito à reembolso do valor da inscrição.
 
A prática de assédio inclui comentários ofensivos  – relacionados com gênero, orientação sexual, aparência física, necessidades especiais, etnicidade, religião e status sócio-econômico – imagens de cunho sexual mostradas em lugares públicos e/ou nas palestras do ERI-GO, intimidação, perseguição, assédio com câmeras fotográficas e com câmeras de vídeo, repetida interrupção de falas e/ou outros eventos, e contato físico sem consentimento. Participantes cujo comportamento infrinja as regras de conduta do ERI-GO serão advertidos e devem imediatamente cessar os comportamentos ofensivos, sob o risco de serem convidados a saírem do evento sem a possibilidade de retorno. Os/as organizadores(as) do ERI-GO tomarão as medidas necessárias para impedir que práticas de assédio aconteçam e/ou sejam repetidas nas palestras do ERI-GO.
 
Se você se sentiu ameaçado/ameaçada ou desrespeitado/desrespeitada, entre em contato com a organização e exponha as suas preocupações e o ocorrido. Membros da organização do ERI-GO podem ser identificados através de seus crachás e camisetas.
 
A organização tomará as medidas necessárias para impedir que as práticas de assédio se repitam. Nós integramos e valorizamos muito a comunidade acadêmica e desejamos a todos um excelente evento, independentemente das diferenças que todos possuímos, que não devem, de forma alguma, nos dividir.
 
Nós esperamos que todos/as participantes sigam as orientações gerais deste documento e não permitam que práticas sexistas e discriminatórias venham a acontecer no ERI-GO.
 

Licença e Atribuição

 
 
Esta política está licenciada através da Creative Commons – Brasil – Zero (Domínio Público) e foi baseada na política anti-assédio do wiki “Feminist Geek”, criada pela Ada Initiative com a ajuda de várias voluntárias e voluntários.
 
Esta política foi baseada em várias outras políticas anti-assédio, incluindo a política da Ohio LinuxFest, escrita por Esther Filderman e Beth Lynn, e a Con Anti-Harassment Project.  
 
Mary Gardiner, Valerie Aurora, Sarah Smith, e Donna Benjamin generalizaram as políticas e adicionaram materiais de suporte. A tradução para o português do Brasil foi feita por Luis Felipe Murillo. Membros da LinuxChix, Geek Feminism, bem como outros grupos contribuíram para este trabalho.

 

Local do evento e Hospedagem

A organização optou por realizar esta edição no Centro de Aulas das Engenharias da Universidade Federal de Goiás, localizado na Praça Universitária.

Clicando no mapa abaixo você pode traçar rotas para chegar no local.

 

Opções de Restaurantes próximos ao evento:

Em breve informações sobre restaurantes próximos.

Hospedagem:

Vanarti Hotel

Xantara Hotel

Hotel Empresarial

Fale Conosco

Tem alguma dúvida? Entre em contato conosco no seguinte email: erigo@inf.ufg.br

Premiação dos melhores artigos completos 2017

 

1º Lugar

 

Localização Usando Beacons em Ambientes Internos para Monitoramento Remoto de Pacientes.

 

Ana Paula de Sousa Oliveira (INF-UFG)

 

1_lugar

 

 

 

2º Lugar

 

Aplicação de Algoritmos Genéticos para Estimação de Parâmetros de Painéis Fotovoltaicos

 

Gilberto Filho (EMC-UFG)

 

 

 

3º Lugar

 

Análise, Implementação e Simulação de Propriedades da Cicloide em Software Livre de Geometria Dinâmica para o Ensino de Matemática.

 

Rosário Ribeiro (FacUnicamps)

 

3_lugar

 

Chamada de Trabalhos

ERI-GO 2017

V Escola Regional de Informática de Goiás
16, 17 e 18 de Novembro de 2017
Goiânia, GO

 

APRESENTAÇÃO

 
 

A 5ª Edição da Escola Regional de Informática de Goiás (ERI-GO 2017) é um evento promovido pela UFG (Instituto de Informática), IFGoiano e IFG. A ERI-GO 2017 será realizada em conjunto com a Escola Regional de Sistemas de Informação de Goiás (ERSI-GO) e com o Fórum Goiano de Software Livre (FGSL), contribuindo assim para uma maior integração entre a comunidade goiana de pesquisadores e discussão de temas relevantes nas áreas de Informática em geral, aproximando estudantes, pesquisadores, profissionais e empresários.

 

Esta edição do ERI-GO tem como objetivos: (a) estimular ações de pesquisa, mercado de trabalho, ensino e extensão sobre informática em geral nas instituições de ensino superior e técnico, como também centros de pesquisa no Estado de Goiás, baseado em trilhas dos principais cursos de Informática em Goiás, no Brasil e no mundo de acordo com ACM (Association for Computing Machinery), por exemplo, Sistemas de Informação, Engenharia de Software, Ciência da Computação e Engenharia e afins; (b) tornar público os projetos de SL desenvolvidos regionalmente; e (c) promover a cooperação entre produtores e usuários de software livre visando ampliar o desenvolvimento tecnológico e a inovação em soluções de SL no Estado.

 

A ERI-GO 2017 ocorrerá nos dias 16, 17 e 18 de novembro de 2017, em Goiânia-GO. Além das sessões técnico-científicas que contam com a apresentação dos artigos selecionados, a ERI-GO 2017 incluirá várias outras atividades conforme pré-definido na programação (divulgação em breve). Dentre essas atividades, estão palestras, minicursos, feiras, demonstrações, mesas redondas de tópicos atuais, sessões dirigidas, bem como no âmbito da Escola Regional de Sistemas de Informação (ERSI-GO), discussões sobre a educação em Sistemas de Informação e seu Currículo de Referência da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), valendo ressaltar que todas as atividades serão executadas por profissionais de renome regional e nacional na área de informática.

 
 

TÓPICOS DE INTERESSE

Autores são convidados a submeter artigos escritos em língua portuguesa ou inglesa contendo resultados de trabalhos com uma ênfase mais tecnológica em software livre e/ou trabalhos em informática que sejam produtos de pesquisa científica (iniciação, mestrado ou doutorado) ou trabalhos de final de curso de graduação, descrevendo trabalhos finalizados ou em andamento, e ainda não avaliados em uma das trilhas descritas abaixo. Existem dois formatos de artigos: completo e curto. No formato de Artigo Completo são esperados trabalhos com resultados mais consolidados e significativos, com emprego mais rigoroso de metodologia cientifica, de preferência que lidam com problemas de cunho científico. No formato de Artigo Curto são esperados trabalhos com resultados preliminares e menor rigor na metodologia científica, onde a parte técnica e tecnológica deve estar mais em evidência. Cada artigo será avaliado por dois ou mais especialistas, e os melhores ARTIGOS COMPLETOS avaliados pelo comitê técnico-científico da ERI-GO serão convidados para a submissão de uma VERSÃO ESTENDIDA do artigo aceito na ERI-GO para a Revista de Sistemas de Informação da Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora (FSMA), seguindo as normas de submissão e avaliação definidas pela mesma. A lista de tópicos de interesse de cada trilha da ERI-GO 2017 é apresentada a seguir, mas não limita os artigos somente a estes tópicos:

 
 

TRILHA TÉCNICO-CIENTÍFICA: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO (SI)

  • Alinhamento estratégico entre TI e negócio
  • Arquitetura de sistemas de informação
  • Aspectos humanos e sociais em SI
  • E-business, E-commerce e Mídias sociais
  • Enterprise information systems (EIS), enterprise resource planning (ERP)
  • Estratégia de SI e modelos inovadores de negócios
  • Gestão de conhecimento e aprendizagem organizacional, Gestão de processos em SI, Governança de TI
  • Paradigmas de desenvolvimento em SI (agentes, aspectos, modelos, MDD, componentes, métodos formais, características, TDD, métodos ágeis, dentre outros)
  • Planejamento estratégico de sistemas e TI
  • Preservação de informação e memória digital, representação de informações de negócio, gerência de dados e metadados nas organizações, ontologias
  • Sistemas de apoio à decisão e SI inteligentes (agentes inteligentes, algoritmos genéticos, aprendizagem de máquina, mineração de dados, modelos formais, ontologias, raciocínio automatizado, redes neurais, representação de conhecimento, Datawarehousing e OLAP)
  • SI para governo (transparência, dados abertos, interoperabilidade, ecossistemas governamentais)

 

TRILHA TÉCNICO-CIENTÍFICA: ENGENHARIA DE SOFTWARE (ES)

  • Entrega Contínua
  • Métodos e ferramentas de desenvolvimento de Software
  • Estudos de caso de desenvolvimento de Software
  • Estado da prática em Engenharia de Software
  • Verificação, Validação e Teste de Software
  • Sustentação e Manutenção de Software
  • Engenharia de Requisitos e Especificação de Software

 

TRILHA TÉCNICO-CIENTÍFICA: CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO (CC)

  • Banco de Dados e Informática na Educação
  • Teoria da Computação (Algoritmos e Grafos)
  • Inteligência Computacional
  • Processamento Gráfico, Interação e Computação Aplicada
  • Redes, Sistemas Distribuídos, Segurança e Computação de Alto Desempenho

 

TRILHA TÉCNICO-CIENTÍFICA: ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO, ELÉTRICA,
MECATRÔNICA E A FINS (ENG).

  • Sistemas de computação aplicados a engenharias

  • Sistemas de Automação e Controle

  • Telecomunicação e Redes sem fio

  • Sistemas de Potência e Automação de Redes de Energia

  • Geração Distribuída e Sistemas Fotovoltaicos

  • Qualidade de Energia

  • Matemática computacional aplicada à engenharia

  • Tópicos em engenharia biomédica

  • Processamento de Sinais

  • Otimização aplicada a problemas de engenharia

 

TRILHA TÉCNICO-CIENTÍFICA: SOFTWARE LIVRE (SL)

  • Dinâmica social, gerenciamento, processos de desenvolvimento e motivações de contribuidores em comunidades de SL
  • Adoção/Emprego de SL em contextos comerciais e não-comerciais (Computação em Nuvem, Robótica, Processamento de Imagem, Virtualização e Gerenciamento de Redes)
  • Recomendação automática e avaliação de qualidade de SL
  • Aspectos legais e econômicos de SL
  • SL e educação
  • Desenvolvimento e evolução de projetos de SL
  • Análise de dados produzidos por projetos de SL, como código-fonte, e-mail, bate-papo e relatórios de defeitos
  • Ferramentas para apoiar o desenvolvimento de software, com foco nas necessidades dos desenvolvedores de SL
  • Uso de Software livre junto com cultura livre, hardware aberto, design aberto, acesso aberto, jornalismo cidadão e governo aberto
  • Estudos de caso de implantação de SL
  • Apresentação de software livres desenvolvidos em Goiás

 

 

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

Neste ano, a ERI-GO possibilitará dois formatos de artigos: artigo completo e artigo curto. A submissão de artigos será exclusivamente eletrônica, por meio do sistema JEMS. Para tal, os autores devem acessar o link <https://submissoes.sbc.org.br/home.cgi?c=2921>. Os trabalhos submetidos deverão atender todas as condições descritas a seguir para que possam ser encaminhados aos avaliadores. O não cumprimento de um ou mais dos itens abaixo invalida a submissão.

 

  • O artigo completo deverá conter no mínimo 11 (onze) e no máximo 14 (quatorze) páginas, incluindo resumo, figuras, diagramas, referências e anexos.
  • O artigo curto deverá conter no mínimo 5 (cinco) e no máximo 7 (sete) páginas, incluindo resumo, figuras, diagramas, referências e anexos.
  • O formato da submissão é o formato padrão da SBC, disponível em http://www.sbc.org.br/documentos-da-sbc/summary/169-templates-para-artigos-e-capitulos-de-livros/878-modelosparapublicaodeartigos
  • O artigo deve ser enviado em um arquivo no formato PDF.
  • O artigo deve ser escrito em Português ou Inglês.
  • O artigo  deve conter um mínimo de 40% de conteúdo novo e original nos artigos submetidos.
  • O artigo submetido não deve conter os nomes dos autores nem dados da instituição de origem ou qualquer outra referência NO CORPO DO ARTIGO que possa permitir a identificação da autoria do artigo. Os nomes dos autores e suas afiliações devem constar APENAS no sistema JEMS e na versão final do corpo do artigo. Todos os autores e co-autores devem estar incluídos no sistema JEMS na submissão do artigo. É importante ressaltar também que não será possível adicionar co-autores ao sistema JEMS depois do artigo aceito. 
  • Os autores de artigos aceitos terão um prazo para submissão de uma versão final implementando as melhorias sugeridas pelos revisores. 
  • Os artigos completos aceitos deverão ser apresentados de forma oral dentro das sessões técnico-científicas (ainda a definir) enquanto que os artigos curtos deverão ser apresentados em sessão com poster (formato livre). Sendo obrigatório que pelo menos um dos autores do artigo aceito faça inscrição no evento. Artigos aceitos que não tenham sido apresentados no evento (NO-SHOW) serão removidos dos anais.

 

DATAS IMPORTANTES

  • Prazo final para submissão de artigos: ****01/10/2017**** PRAZO ESTENDIDO
  • Comunicação de resultados: 20/10/2017
  • Envio da versão final: 27/10/2017
  • Data das Apresentações (oral e poster) de Artigos: 16, 17 e 18/11/2017

 

COMITÊ TÉCNICO-CIENTÍFICO

 

  • Adailton Araújo (UFG/Goiânia)
  • Adriano Braga (IFGoiano/Ceres)
  • Alessandro Silva (IFG/Anápolis)
  • Alex da Rosa (UnB)
  • Alisson Cardoso (EMC/UFG)
  • Ana Claudia Loureiro Monção (UFG/Goiânia)
  • Antônio Oliveira Jr (UFG/Goiânia)
  • Cleon Pereira Júnior (IFGoiano/Posse)
  • Cristiane Bastos Rocha Ferreira UFG/Goiânia)
  • Daniel Stefany Duarte Caetano (UFU)
  • Edison Morais (UFG/Goiânia)
  • Edmar Yokome (UEG/Santa Helena)
  • Eliomar Lima (UFG/Goiânia)
  • Fabian Cardoso (Fesurv/Rio Verde)
  • Fernando Federson (UFG/Goiânia)
  • Flávio Vieira (EMC/UFG)
  • Flávio Geraldo Coelho Rocha (EMC/UFG)
  • Francisco Xavier (Fatesg)
  • Gilmar Arantes (UFG/Goiânia)
  • Iwens Sene Jr (UFG/Goiânia)
  • Juliano Lopes de Oliveira (UFG/Goiânia)
  • Leandro Freitas (IFG/Inhumas)
  • Leonardo Andrade Ribeiro (UFG/Goiânia)
  • Luciana Berretta (UFG/Goiânia)
  • Luiz Henrique Rauber Rodrigues (Senac/Santa Cruz do Sul/RS)
  • Marcelo Akira Inuzuka (UFG/Goiânia)
  • Marcelo Ricardo Quinta (UFG/Goiânia)
  • Marcos Aurélio Batista (UFG/Catalão)
  • Marcos Caetano (UnB)
  • Marcos Wagner de Souza Ribeiro (UFG/Jataí)
  • Marcus Vieira (EMC/UFG)
  • Marcus Vinícius Gonzaga Ferreira (UFG/Goiânia)
  • Maria José P. Dantas (PUC-Goiás)
  • Márcio Dias (UFG/Catalão)
  • Nádia Silva (UFG/Goiânia)
  • Otávio Calaça Xavier (IFG/Goiânia)
  • Renato Bulcão Neto (UFG/Goiânia)
  • Ricardo Rocha (UFG/Catalão)
  • Rodrigo Cândido Borges (IFG/Inhumas)
  • Rogério Salvini (UFG/Goiânia)
  • Ronaldo Del-Fiaco (UEG/Anapólis)
  • Rogério Silva (IFG/Inhumas)
  • Roney Lima (IFG/Jataí)
  • Rosana Santos (UFG/Goiânia/Tribunal)
  • Rubens Pereira (UFG/Goiânia)
  • Sérgio Teixeira de Carvalho (UFG/Goiânia)
  • Taciana Novo Kudo (UFG/Goiânia)
  • Telma Woerle Lima Soares (UFG/Goiânia)
  • Tércio Alberto Santos Filho (UFG/Catalão)
  • Thales Nicolai Tavares (UFSM, RS)
  • Thierson Rosa (UFG/Goiânia)
  • Vinicius da Cunha M. Borges (UFG/Goiânia)
  • Vinicius Garcia (UFSM, RS)
  • Vinicius Sebba Patto (UFG/Goiânia)
  • Vinicius Petrucci (UFBA/Salvador)
  • Wanderley Alencar (UFG/Goiânia)
  • Wendell Bento Geraldes (IFG/Luziânia)
  • William Ferreira (UFG/Goiânia)

 

 

COORDENADORES DO COMITÊ CIENTÍFICO

  • Vinicius Borges – INF/UFG (Coordenador)
  • Luciana Berretta – INF/UFG (Vice-coordenadora)
  • Renato Bulcão Neto - UFG/GOIÂNIA

 

Clique nos links abaixo para acessar os anais das edições anteriores:

ERIGO 2014

ERIGO 2015

ERIGO 2016

ERIGO 2017

Convidados para submissão na revista FSMA

Vai abaixo a lista dos melhores ARTIGOS COMPLETOS avaliados pelo comitê técnico-científico da V ERI-GO 2017 que  foram convidados para a submissão de uma VERSÃO ESTENDIDA do artigo aceito no evento para a Revista de Sistemas de Informação da Faculdade Salesiana Maria Auxiliadora (FSMA), seguindo as normas de submissão e avaliação definidas pela mesma. A versão estendida deverá ser enviada a revista até dia 09/02/2018.

 

1) Ambientes Virtuais Tridimensionais no Processo de Ensino-Aprendizagem de Libras: Uma Revisão Sistemática da Literatura

   Tiago do Carmo Nogueira, Emily Mendonça, Júlia Araújo, Júlia Moura e Deller Ferreira

 

2) Esteganografia, A Escrita Oculta: Um Mapeamento Sistemático 

    Hayanna Silva Oliveira, Leonardo Silva, Rafael Alves e Gilton Silva

 

3) Otimização de Interligação de Religadores por Fibra Óptica para Automação de Redes Auto-recuperáveis de Energia

    Marcos de Carvalho, Maykon Renan Pereira da Silva e Flávio Henrique Teles Vieira

 

4) Otimização da Alocação de Recursos em Redes Sem Fio com Agregação de Portadora e F-OFDM Utilizando Programação Evolucionária

   Marcus Vinícius Gonzaga Ferreira e e Flávio Henrique Teles Vieira

 

5) Aplicação de Algoritmos Geneticos para Estimação de Parâmetros de Paineis Fotovoltaicos

    Gilberto Lopes Filho, Ricardo Franco e Flávio Henrique Teles Vieira

 

6) Modelagem ontológica de informações meteorológicas para aplicações de IoT

    Murilo Barcelos da Silva e Renato Bulcão Neto

 

7) Análise, Implementação e Simulação de Propriedades da Cicloide em Software Livre de Geometria Dinâmica para o Ensino de Matemática

   Maria do Rosário Campos Ribeiro e Antonio Oliveira Jr.

 

8) Uso de Softwares Educacionais como Recurso Didático-Pedagógico para o Ensino da Geografia

    Raimundo Nonato de Araujo Soares Neto, Tiago Nogueira e Sônia Regina Rezend 

 

9)Estimação de Frequências em Sinais Eletroencefalográficos Utilizando Autovalores

    Lucas Fiorini Cruz, Marcela Magalhães e Rodrigo Lemos

 
10) Algoritmo de Alocação de Recursos de Rede baseado na Função de Autocorrelação de um Modelo de Trafego Multifractal
     Maykon Renan Pereira da Silva, Flávio Geraldo Coelho Rocha e Flávio Henrique Teles Vieira
 
11) Localização em Ambientes Internos para Monitoramento Remoto de Pacientes
     Ana Paula de Sousa Oliveira e Sérgio Teixeira de Carvalho
 
12) Aplicando técnicas de aprendizado de máquina para detecção automática de bullying no Twitter
     Gaspar Monteiro e Silva, Nádia Silva e Márcio Dias 
 

13) Métodos para análise de sentimentos em tweets: um estudo comparativo

     Alison Pereira Ribeiro e Nádia Silva

 

14) Avaliação Comparativa de Tecnologias de Modulação para Redes 5G baseadas em Sistemas LTE

      Dalton Foltran de Souza, Vinicius da Cunha M. Borges,  Flávio Henrique Teles Vieira e Diego Abrahão

 

15) Avaliação do Distúrbio Disfórico Pré-Menstrual e Transtorno Afetivo Bipolar uma abordagem usando Regras de Associação

     Giovanna Aguiar de Castro, Rogério Salvini e Rodrigo Dias

 

16) Uma Abordagem para Garantia da Consistência de Middleware Específico de Domínio Dirigido a Modelos

      Marcelo Rodrigues Fortes e Fábio Costa 

 

17) Gestão de Continuidade de Negócio: Normas, recomendações e modelos

     Mariane Moreira Batista, Edison Morais e Ana Cláudia Loureiro Monção

Inscrição para congressistas

ATENÇÃO: nos dias 14/11 e 15/11 não serão aceitos pagamentos por débito ou boleto. As inscrições online terminam dia 15. Durante o evento inscrições serão feitas somente com dinheiro em mãos! Lembre-se também de trazer o comprovante de pagamento no ato da inscrição.


Estão abertas as incrições para congressistas!

A inscrição dá direito de participação à todas as atividades em conjunto do FGSL, da  ERI-GO e da ERSI-GO, exceto para oficinas da ERI que custam 5 reais extras.

Por que o FGSL e a ERIGO promovem a inscrição via SBC?

  1. A SBC promove e coordena nacionalmente os projetos Poscomp, Maratona de Programação, Diretrizes para os programas de disciplinas dos cursos de Graduação, Olimpíada Brasileira de Informática (OBI), Olimpíada Brasileira de Robótica, dentre vários outros projetos da área.
  2. A SBC tem atuado em encontros com o MEC, para incluir a programação nas escolas;
     

Além dos benefícios coletivos, há também os benefícios individuais.

Vá para o sistema de inscrições clicando abaixo:

Ou... economize montando uma caravana: http://2017.fgsl.net/p/122-chamada-publica-de-caravanas

Primeiro Lote (até 30/10/17):

  • Estudante Associado à SBC: R$10;
  • Estudante de Graduação Não Associado à SBC: R$30;
  • Estudante de Graduação Não Associado + Associação à SBC: R$29;
  • Estudante de Pós-graduação Não Associado à SBC: R$50;
  • Estudante de Pós-graduação Não Associado + Associação à SBC: R$85;
  • Profissional Associado à SBC: R$40;
  • Profissional Não Associado à SBC: R$60;
  • Profissional Não Associado + Associação à SBC: R$235;

Segundo Lote (de 31/10/17 até 06/11/17):

  • Estudante Associado à SBC: R$15;
  • Estudante de Graduação Não Associado à SBC: R$35;
  • Estudante de Graduação Não Associado + Associação à SBC: R$34;
  • Estudante de Pós-graduação Não Associado à SBC: R$55;
  • Estudante de Pós-graduação Não Associado + Associação à SBC: R$90;
  • Profissional Associado à SBC: R$45;
  • Profissional Não Associado à SBC: R$65;
  • Profissional Não Associado + Associação à SBC: R$240;

Terceiro Lote (a partir de 07/11/17):

  • Estudante Associado à SBC: R$20;
  • Estudante de Graduação Não Associado à SBC: R$40;
  • Estudante de Graduação Não Associado + Associação à SBC: R$39;
  • Estudante de Pós-graduação Não Associado à SBC: R$60;
  • Estudante de Pós-graduação Não Associado + Associação à SBC: R$95;
  • Profissional Associado à SBC: R$50;
  • Profissional Não Associado à SBC: R$70;
  • Profissional Não Associado + Associação à SBC: R$245;

Programação Geral

Download da Programação Geral Clique Aqui

Quinta-Feira 16/11/2017

Horário Programação
18:00 - 19:00

ERI/ERSI - Credenciamento - Hall de entrada Centro de Aulas E

19:00 - 20:00 Palestra ERI/ERSI: Análise de Sentimentos e dinâmica humana nas redes sociais online
Deborah Silva Alves Fernandes (UFG)
Auditório Biolkino Pereira - Bloco H
20:00 - 20:30

Abertura Cultural - Apresentação da Programação do Evento

Premiação para vencedor do concurso da Logomarca do I ERSI-2017
Auditório Biolkino Pereira - Bloco H

20:30 - 21:30 Palestra ERSI: Implantação de Sistema ERP em Indústria de Produtos Alimentícios 
Jancleidson Ligeiro (Marilan Alimentos S/A São Paulo) 
Auditório Biolkino Pereira - Bloco H

Sexta-Feira 17/11/2017

Horário Programação
8:00 - 8:30

ERI/ERSI - Credenciamento - Hall de entrada Centro de Aulas E

8:30 - 10:00

ERSI - FESI - Apresentação do CR-SI e definição dos Grupos de Trabalho para discutir o CR-SI

Bloco B Sala 09

ERI - Sessão Técnico-Científica 1 (IA) 

Bloco B Sala 13

ERI - Sessão Técnico-Científica 2 (ENG)

Bloco B Sala 11

ERI - Oficina IoT em Cidades Inteligentes (ERI)

C.A - E Lab 100

10:00 - 10:30 ERI/ERSI - Coffee-break - Artigos Curtos com Posters

Bloco B Sala 10

10:30 - 11:30

Palestra Principal ERI (A Internet das Coisas Urbanas)

Everton Cavalcante (IMD/UFRN)

Bloco B - sala 13

ERSI - Grupos de Trabalho para discutir o CR-SI (FESI)

Bloco B - sala 09

ERI - Oficina IoT em Cidades Inteligentes (ERI)

C.A - E Lab 100

11:30 - 12:00

ERSI - Compilação e apresentação dos resultados dos GTs do FESI (ERSI)

Bloco B - sala 09

12:00 - 14:00 Intervalo para Almoço
14:00 - 15:30

ERI - Sessão Técnico-Científica 3 (ENG)

C.A - E sala 204

ERI - Sessão Técnico-Científica 4 (ENG)

C.A - E sala 205

ERI - Oficina IoT em Cidades Inteligentes (ERI)

C.A - E Lab 100

15:30 - 16:00

ERI/ERSI - Coffee Break

C.A - E sala 205

16:00 - 17:00

ERI - I Workshop de Projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Extensão de Informática em Goiás

C.A - E sala 205

17:00 - 18:00

ERSI - Feira das Profissões(ERSI)

Hall de entrada Centro de Aulas E

18:00 - 19:00

ERI - Sessão Técnico-Científica 5 (SL)

C.A - E sala 105

ERI - Sessão Técnico-Científica 6 (Comp. Gráfica)

C.A - E sala 102

19:00 - 20:00 Palestra ERSI: Tecnologias Big Data
Victor Teixeira de Almeida (UFF e Petrobras - Rio de Janeiro) 
Auditório Biolkino Pereira
20:00 - 21:00 Palestra ERSI: Desafios da TI frente a alta complexidade dos sistemas 
Fabio Gomes Barros (Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão - Brasília) 
Auditório Biolkino Pereira

Sábado 18/11/2017

Horário Programação
8:00 - 8:30

ERI/ERSI - Credenciamento Hall de entrada Centro de Aulas E

8:30 - 10:00

ERI - Oficina Deep Learning (ERI)

C.A - E Lab 200

ERI - Sessão Técnico-Científica 7 (SI)

C.A - E sala 103

ERI - Sessão Técnico-Científica 8 (EngSoft)

C.A - E sala 104

10:00 - 10:30 ERI/ERSI - Coffee-break Artigos Curtos com Posters

C.A - E sala 102 

10:30 - 11:30

ERI - Oficina Deep Learning (ERI)

C.A - E Lab 200

ERSI - Mesa Redonda

CA E Sala 205

11:30 - 12:00

Encerramento da ERI-GO

Premiação dos Melhores Artigos e Planos para 2018

CA E Sala 205

12:00 - 14:00 Intervalo para Almoço
14:00 - 15:00

ERI - Oficina Deep Learning (ERI)

C.A - E Lab 200

Encerramento do I ERSI-2017

Prospecções e planejamento II ERSI-2018 (briefing)

CA E Sala 205

15:00 - 17:00
 

Palestras

Palestra Principal: A Internet das Coisas Urbanas

 

 Everton

Everton Cavalcante

Professor adjunto do Departamento de Informática e Matemática Aplicada (DIMAp) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, Brasil. É Doutor em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2016), Docteur en Informatique pela Université Bretagne Sud, França (2016), Mestre em Sistemas e Computação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2012), Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2010), e Técnico em Desenvolvimento de Sistemas para Internet pelo Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio Grande do Norte (2008). Possui experiência na área de Ciência da Computação com ênfase em arquitetura de software e sistemas distribuídos, atuando principalmente nos seguintes temas: middleware, Computação em Nuvem, Computação Ubíqua, Internet das Coisas, cidades inteligentes, reconfiguração dinâmica de software, linguagens de descrição arquitetural e sistemas de sistemas. É membro da Association for Computer Machinery (ACM) e da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), nesta última atuando como Secretário Regional no Rio Grande do Norte. Integra também o SETE – Software Engineering Team, Núcleo Integrador de Pesquisa e Inovação em Engenharia de Software do Instituto Metrópole Digital (IMD) da UFRN, onde é coordenador do curso de Bacharelado em Engenharia de Software e vice-coordenador da Residência em Tecnologia da Informação Aplicada à Área Jurídica - Turma Justiça Federal (Pós-Graduação Lato Sensu).

 

Palestra: Análise de sentimentos e dinâmica humana nas redes sociais online

 

Deborah Silva Alves Fernandes

Professora Adjunta do INF-UFG. Cientista da Computação com mestrado e doutorado em Engenharia de Sistemas Eletrônicos e Automação pela UnB.  No doutorado, trabalhou com análise de sentimentos e sistema de tomada de decisão baseado em dados de redes sociais online. Atuou no mercado de trabalho como analista de sistemas e gestão em TI. Exerce atividades em docência desde 2003 em instituições privadas e desde 2009 na universidade pública. Atualmente, no INF-UFG ministra aulas para os cursos de informática e engenharias e trabalha com pesquisas em análise de sentimento e tomada de decisão com dados baseados em redes sociais online.

Oficinas

Oficina 01 - Internet das Coisas para Cidades Inteligentes: Abordagem Teórico-Prática

Palestrantes

  Bruno Silvestre.jpg

   Bruno Silvestre

Possui graduação em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Espírito Santo, mestrado e doutorado em Informática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Professor da Universidade Federal de Goiás, com experiência Sistemas Distribuídos. Participa do projeto que disponibiliza um ambiente de testes para rede de sensores sem fio intitulado "Testbed para Espaços Inteligentes" e financiado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa desde 2013.

MarceloQuinta.jpg

Marcelo Quinta

Professor na UFG Intel Innovator, Mentor de startups e Google developer expert no Google, organizador do GDG Goiânia. Possui mais de 10 anos com desenvolvimento de aplicações móveis e é frequente palestrante em eventos no mundo.

OtavioCalacaXavier.jpg

Otávio Calaça Xavier

Mestre em Ciência da Computação e professor da Universidade Federal de Goiás e do Instituto Federal de Goiás, atualmente cursando doutorado em Inteligência Artificial. Membro fundador do Grupo de Desenvolvedores PHP de Goiás e das comunidades Deep Learning Brasil e Big Data GO. Palestrante em mais de 50 eventos nacionais e internacionais. Possui mais de 12 anos de experiência em desenvolvimento Web e como arquiteto de sistemas. Pesquisador em projetos de inovação com Inteligência Artificial e Internet das Coisas e Gerente de Desenvolvimento na Oobj, liderando equipes em projetos de machine learning e big data.

 

vinicius_nunes

Vinícius Nunes

Mestre em ciências de computação pelo Programa de Pós-Graduação do instituto de informática da universidade federal de Goiás (INF/UFG), graduado em tecnologia da Informação pelo centro universitário de Goiás (2010) e em ciências da computação pela Universidade federal de Goiás (2013). Atuais interesses de pesquisa estão envolvidos com temas de otimização multi-objetivo em redes sem fio e em virtualização dos recursos em dispositivos de comunicação.

Oficina 02 – Deep Learning

Palestrantes

LucasAraujoPereira.png

Lucas Araujo Pereira 

Graduação em Engenharia Eletrônica pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) com período sanduíche em Rose-Hulman Institute of Technology

(RHIT - IN/USA); pesquisador, monitor e palestrante do grupo de pesquisa "Deep Learning Brasil.”

Rafael Teixeira Sousa

Professor na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), bacharel em Ciência da Computação pela UFMT e possui mestrado em Ciência da Computação na área de Reconhecimento de Padrões pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atualmente é aluno do programa de Doutorado em Ciência da Computação na UFG onde vem trabalhando com Deep Learning com foco em aplicações médicas.

Workshop

O I Workshop de Projetos de Pesquisa, Desenvolvimento (P&D) e Extensão tem como objetivo apresentar os trabalhos e resultados em andamento e/ou concluídos de Projetos de P&D e Extensão do Estado de Goiás. Essa apresentação terá formatos variados, como por exemplo demonstrações práticas, vídeos, banners, slides, pôsters e a oportunidade do público interagir com os apresentadores e membros dos projetos.

A lista dos projetos está em construção, entretanto temos alguns já confirmados: 
 

GT-SOFTWAY4IoT: SOFTware-defined gateWAY and fog computing for IoT (Internet of Things)

softway4IoT.png

Projeto de P&D financiando pela Rede Nacional de Pesquisa (RNP)

 

 

Hugo Eduardo Belchior de França Silva:

  • “Pequi mecânico”

 

Deborah:

  • “Observatório de Dinâmica Humana nas Redes Sociais Online"

 

Diane, Erika Morais e Hebert Coelho:

  • (Orientanda Fernanda Neiva Mesquita) “Complexidade algorítmica de h-atribuição de papéis em produtos de grafos.”

  • (Orientando Juliano): "Convexidade em Grafos: O Número Envoltório",

 

Fábio Costa:

  • (orientando Edmilton Júnior): “Cluster de Raspberry Pi como Plataforma para Virtualização Baseada em Containers”

 

Sérgio:

  • (Douglas Battisti, Hugo de Almeida Ribeiro) “UbiCare Solução Computacional para Assistência Domiciliar à Saúde”

  • (Luma Wanderley de Oliveira) “Gamificação como Estratégia para Promover Self-Care e Engajar Pacientes”

  • (Ana Paula de Sousa Oliveira) “Usando Beacons em Ambientes Internos para Monitoramento Remoto de Pacientes”

 

 
Vinicius da Cunha M. Borges, Kleber Vieira Cardoso:
  • (Leonardo Pereira de Moraes, Hitallo Guerra Alves, Rosana de Oliveira, Vinicius Gonçalves Braga,) “EMBRACE - Leveraging Human Behavior and Uncertainty in 5G Networks to Build Robust Resource Allocation and Services Orchestration Models”

Galeria de fotos

 

foto_1

foto_2

foto_3

 

foto_4

foto_5

foto_6

 

foto_7

foto_8

foto_10

 

foto_11

foto_12

foto_13

 

foto_14

foto_15

foto_16

 

foto_17

foto_18

foto_19

 

foto_20

foto_21

foto_22

 

foto_23

foto_24

foto_26

 

foto_28

foto_29

foto_30

 

foto_34

foto_35

foto_36

 

foto_37

foto_38

foto_39